quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Você precisa de muito para ser feliz? Minimalistas pensam o oposto - Comportamento - UOL Mulher

Simplificar a vida e se concentrar no mais importante é a essência do estilo de vida minimalista. Isso significa não acumular objetos, organizar a bagunça, descomplicar a rotina e ter tempo para fazer o que gosta e conviver com pessoas queridas. No minimalismo, movimento inspirado nas artes, a ideia é viver com menos. Porém, a opção, também conhecida como simplicidade voluntária, não tem a ver com falta de dinheiro.
Clique aqui para ler a matéria
'via Blog this'

sábado, 5 de outubro de 2013

11 frases dos pais que acabam com a autoestima das crianças - Filhos - iG

Ajudar os filhos a amadurecer de forma saudável é uma das tarefas mais importantes dos adultos. Veja o que se deve evitar falar para que as crianças cresçam plenas e felizes


CLIQUE AQUI PARA LER A MATÉRIA
'via Blog this'

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Sem dinheiro para uma emergência? Aprenda a montar sua reserva

"Colchão" financeiro deve ser o primeiro investimento de qualquer pessoa, recomendam especialistas. Escolha uma aplicação líquida e ignore os rendimentos
Clique aqui para ler a matéria

domingo, 2 de junho de 2013

Terceira idade transforma hobbies em lucro, com um pouco de ajuda

A nova safra de empreendedores pode não ser de jovens gênios digitais, mas sim avós prestes a se aposentarem que querem guardar algum dinheiro ao se tornarem os próprios chefes ou simplesmente continuarem ocupados.
Um número cada vez maior de pessoas em idade de se aposentar está transformando seus hobbies e paixões em empreendimentos lucrativos. Isso inclui Carla Ingram, de Sarona, Wisconsin, que está usando sua habilidade como costureira para abrir uma empresa que faz toldos de varanda resistentes à chuva, ou Donnetta Watson, de Kansas City, Missouri, que está transformando seu amor por decoração e casamentos em um buffet com esta especialidade.
Clique aqui para ler a matéria

segunda-feira, 27 de maio de 2013

sábado, 4 de maio de 2013

62. Comparação - Tarô Zen de Osho

Zen Tarot Card
A comparação gera inferioridade, superioridade. Quando você não estabelece comparações, toda inferioridade e toda superioridade desaparecem. Nessa condição você simplesmente é, você simplesmente está aí. Um pequeno arbusto ou uma grande árvore alta -- isso não importa -- você é você mesmo. Você é necessário. Uma folha de grama é tão necessária quanto a maior das estrelas. Sem a folha de grama, Deus será menos do que ele é. O pipilar de um pássaro é tão necessário quanto qualquer buda -- o mundo será menos, será menos rico se esse pássaro desaparecer.
Basta olhar à sua volta. Tudo é necessário e se encaixa em um todo. Trata-se de uma unidade orgânica: ninguém está acima, ninguém está abaixo, ninguém é superior, ninguém é inferior. Cada qual é incomparavelmente único.
Osho The Sun Rises in the Evening Chapter 4

Comentário:
Quem foi que lhe disse que o bambu é mais bonito do que o carvalho, ou que o carvalho é mais valioso do que o bambu? Você imagina que o carvalho gostaria de ter um tronco oco como o do bambu? Será que o bambu sente inveja do carvalho porque ele é maior e suas folhas mudam de coloração no outono? A própria idéia das duas árvores fazendo comparações entre si parece ridícula, mas os humanos consideram muito difícil romper com esse hábito.
Vamos encarar os fatos: sempre existirá alguém que é mais bonito, mais talentoso, mais forte, mais inteligente, ou aparentemente mais feliz do que você. E, inversamente, sempre haverá aqueles que são inferiores a você em todos esses aspectos.
O caminho para descobrir quem você é, não é a comparação com os outros, mas um exame para ver se você está realizando o seu próprio potencial, da melhor maneira de que é capaz.




A fórmula do Habib's

124.jpg


Com um investimento inicial de apenas US$ 30 mil, o empresário Alberto Saraiva transformou o Habib's em um negócio bilionário, vendendo esfihas por menos de R$ 1. Agora, ele planeja investir R$ 800 milhões para triplicar o tamanho de sua rede




Receitas caseiras para tirar mofo, odores e manchas de utensílios domésticos

Clique aqui para ler a matéria, excelentes dicas!Receitas caseiras para tirar mofo, odores e manchas de utensílios domésticos - 1 (© Foto: Thinkstock)

Crônica da Torre de Babel - Clube do Tarô - Tarot

Dica de leitura - artigos astrológicos do meu amigo Rui Sá
Crônica da Torre de Babel - Clube do Tarô - Tarot

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Desenvolvimento pessoal ou autoajuda?

"É comum vermos o termo desenvolvimento pessoal ligado à palavra autoajuda com sentido pejorativo. A autoajuda pode ser apresentada de modo negativo, piegas e até associada a charlatanismo. O que poucos percebem é que o desenvolvimento pessoal é buscado por qualquer um, desde o início de nossas vidas. Todos têm o desejo de melhorar, fazer o que mais lhe agrada, de viver positivamente. Mesmo que, por diversas razões, nem sempre consigamos implementar os efeitos desse desejo em nossas vidas, ele sempre existe."
Leia mais na matéria Desenvolvimento pessoal ou autoajuda?-Carlos Augusto Monteiro | Home Stum

AUTOESTIMA MELHOR

"Ter uma boa autoestima significa gostar de si mesmo: respeitar, admirar-se, apreciar a própria companhia, aceitar-se de forma incondicional. Todos nós temos pontos fortes na autoestima, mas também temos pontos fracos. São áreas onde não conseguimos nos amar de forma incondicional. Guardamos emoções, pensamentos e sentimentos negativos com relação a nós mesmos que acabam refletindo na qualidade da nossa vida exterior. "

segunda-feira, 8 de abril de 2013

De quanto você precisa para se aposentar e viver de renda

Todos nós temos o sonho de parar de trabalhar um dia e "viver de renda", não é mesmo? Você precisa calcular quanto dinheiro deve acumular até a idade de aposentadoria para, a partir dessa idade, viver exclusivamente do que o seu patrimônio for capaz de proporcionar.

A renda proveniente do seu trabalho não será mais necessária e você terá um fluxo de caixa garantido para viver confortavelmente a sua "melhor idade".
Leia o restante da matéria clicando aqui

sábado, 6 de abril de 2013

Guia Folha - Passeios - Festival promete levar 500 atrações gratuitas ao centro de São Paulo - 05/04/2013

Guia Folha - Passeios - Festival promete levar 500 atrações gratuitas ao centro de São Paulo - 05/04/2013

Negócios para montar em casa - Trabalhar em casa

Cada vez mais empreendedores procuram negócios para montar em casa reduzindo assim o investimento inicial e o risco sistêmico de qualquer nova empreitada. A opção por trabalhar em casa apresenta muitas vantagens como economia de tempo e um certo ganho em termos de qualidade de vida. Os avanços tecnológicos do mundo moderno como a Internet e a possibilidade de terceirização de serviços facilitam bastante o empreendedorismo doméstico, permitindo que cada vez mais pessoas adotem essa opção para montar seu próprio negócio. Cada vez mais o trabalho em casa desponta como uma oportunidade de negócio para o micro e pequeno empreendedor.
LEIA MAIS CLICANDO AQUI

Como escolher uma loja virtual alugada

A adoção das lojas virtuais alugadas, ou SAAS – Software as a Service, é cada vez mais comum entre os novos empreendedores do comércio eletrônico nacional. A tendência é altamente coerente, já que a opção por este sistema traz consigo uma brutal redução de custos de instalação, uma preocupação constante entre os novos empreendedores. Partindo desse princípio, o aluguel de lojas virtuais passa a fazer parte de qualquer planilha de opções.

A oferta de sistemas de lojas virtuais alugadas no Brasil tem crescido bastante nos últimos anos, um dos fatores para o aumento da procura por esse tipo de plataforma de e-commerce. Temos atualmente ótimos sistemas de e-commerce com recursos de ponta, que em nada ficam devendo aos sistemas disponíveis lá fora, o que coloca essa opção ainda mais em evidência.
LEIA O RESTANTE DA MATÉRIA AQUI

Como escolher uma loja virtual alugada

Home Office funcional e confortável

O home office já não é mais uma tendência, é uma realidade para cada vez mais brasileiros. Atualmente, as pessoas procuram por tranquilidade, praticidade e mais qualidade de vida, fugindo do trânsito provocado pela grande quantidade de carros nas ruas e pessoas nos transportes públicos, o que se tornou um motivo de desespero entre a população que precisa chegar pontualmente no trabalho. Por isso muitos profissionais estão adotando uma nova forma de trabalhar: o Home Office!

Mas não pense que ter um home office é só colocar o computador em um canto da sala e jogar os pés em cima da mesa que o sucesso do seu trabalho estará garantido. Para o seu trabalho render e fluir bem, você vai precisar de organização e disciplina.

LEIA O RESTANTE DA MATÉRIA AQUI

Home Office funcional e confortável

Patrimônio, dívidas boas e dívidas ruins

Uma das principais dificuldades para que alguém construa uma vida financeiramente estável são as dívidas assumidas. Muitas vezes, as pessoas se endividam porque gastam com coisas que não acrescentam muito nas suas vidas: passeios nos lugares da moda, compra de objetos desnecessários, trocas desnecessárias de carro, viagens constantes para o exterior e outras “coisinhas” que, ao longo do tempo, representam gastos substantivos.

Essas dívidas são, de um ponto de vista estritamente financeiro, dívidas ruins. Não acrescentam em nada ao patrimônio e podem comprometê-lo no curto e, ainda pior, no longo prazo. Mesmo que o orçamento não se torne deficitário com essas despesas, ao longo de dez ou quinze anos o dinheiro gasto com elas seria o suficiente para adquirir um patrimônio que realmente faria diferença em sua qualidade de vida, como comprar uma boa casa, obter uma renda mensal para troca de carro , ir para o exterior anualmente e realizar todas as despesas anteriormente descritas.

LEIA O RESTANTE DA MATÉRIA AQUI

Folha de S.Paulo - Mundo - Garotas que protestam com seios nus têm rival islâmica - 06/04/2013

Folha de S.Paulo - Mundo - Garotas que protestam com seios nus têm rival islâmica - 06/04/2013
'Femen, vista-se; minha dignidade está no véu', diz texto

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Três coisas que seu consultor financeiro nunca disse sobre estar endividado

CLIQUE AQUI PARA LER A MATÉRIA

MUITO INTERESSANTE ESTE TEXTO, VALE A PENA LER!!!

Folha de S.Paulo - Tec - Bill Gates e cofundador da Microsoft recriam fotografia de 1981 - 04/04/2013

CLIQUE AQUI PARA LER NA FOLHA DE SÃO PAULO

COMO O TEMPO PASSA...1981.. COMO A INFORMÁTICA AVANÇOU NESTE PERÍODO..,

Bill Gates e Paul Allen recriam fotografia icônica de 1981 no museu Living Computer, na cidade de Seattle (EUA)

Economia - Governo autoriza reajuste de até 6,31% nos preços dos remédios

Leia mais clicando aqui

E DÁ-LHE INFLAÇÃO...

G1 - Ministro garante 4G neste mês e fim da TV analógica para junho de 2016 - notícias em Tecnologia e Games

G1 - Clique para ler

G1 - Exposição de R$ 260 milhões reúne produtos feitos em ouro no Japão - notícias em Planeta Bizarro

LEIA A RESPEITO NO G1 - CLIQUE AQUI

TUDO EM OURO.....

Figura feita em ouro do personagem Mickey custa mais de R$ 19 mil (Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP)

G1 - Suco Ades com venda suspensa é encontrado em mercado de SP - notícias em São Paulo

LEIA A MATÉRIA NO G1 CLICANDO AQUI


terça-feira, 5 de março de 2013

Livro: Casais Inteligentes Enriquecem Juntos

Livro: Casais Inteligentes Enriquecem Juntos


Finanças para casais
Um dos principais fatores que me motivaram a ler “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos” foi a conhecida visão deGustavo Cerbasi sobre riqueza e dinheiro. Para ele, assim como para mim, a grande maioria dos desentendimentos familiares ocorre em decorrência da simples falta de conversa e apatia em relação ao dinheiro. Neste livro, Gustavo trata das questões pessoais com grande comprometimento, focando a necessidade de parceria entre namorados, noivos ou esposos. O salto qualitativo aparece quando o livro mostra exemplos reais e trata os objetivos comuns como grande trunfo de um casal.
livro está dividido em três partes distintas, mas que se complementam de forma brilhante. A organização do livro facilita a leitura, abordando primeiro os aspectos sócio-emocionais dos problemas conjugais, passando por exemplos reais de solução de conflitos, finanças para casais com filhos e terminando com o foco no planejamento/riqueza conjunta.
Parte 1 – Uma união financeiramente feliz
Composta de dois capítulos, a primeira parte traz interessantes análises sobre os cincos estilos de como lidar com o dinheiro. Gustavo retrata como agem os poupadores, gastadores, descontrolados, desligados e os financistas. De uma forma bastante simples, ainda que com propriedade e conhecimento de causa, são feitas algumas considerações sobre as possíveis combinações destes perfis. Percebe-se, claramente, que a idéia é situar o(a) leitor(a) diante de suas reações cotidianas e diagnosticar qual o perfil de seu relacionamento. Identificar-se é parte essencial para seguir adiante.
Há também uma forte discussão acerca das dificuldades de planejamento de um casal. Com a palavra, o autor Gustavo Cerbasi:
“Na maioria das vezes, orçamento, planejamento financeiro, dinheiro ou controle de gastos não fazem parte das conversas dos casais. Assim, estabelecer objetivos de longo prazo passa a ser um problema, porque quem não participa das finanças não percebe as metas a serem atingidas gradativamente, notando o sacrifício apenas no momento de desembolso”
Parte 2 – Planejamento ao longo da vida
Os capítulos da segunda parte tratam do relacionamento propriamente dito e das nuances financeiras de cada momento do casal. O namoro e o noivado são observados de maneira muito eficiente, de onde surge uma dica valiosíssima: aproveitar o momento de total liberdade de escolha em relação ao dinheiro é fundamental para aprender a organizar suas finanças e para começar a investir em ações. Segundo o autor, pensar de forma organizada nessa fase é essencial para lidar com o dinheiro quando o casal e suas metas estiverem estabelecidos formalmente.
Pequenos exemplos cotidianos são usados para demonstrar os benefícios da organização financeira de um casal. Dicas de presentes, poupança anual para viagens e a análise diante da compra da casa própria são algumas das muitas atitudes dos casais inteligentes descritas no livro. Gustavo defende, com argumentos bastante coerentes, que tanto o orçamento quanto as metas do casal sejam amplamente compartilhados:
“Planos comuns jamais serão construídos de modo eficiente se tudo no relacionamento for dividido. Perde-se em eficiência, em organização e em resultados!”
Um merecido destaque é dado ao momento da criação de uma planilha de orçamento e de um plano de metas e objetivos conjuntos. Algumas simulações demonstram a capacidade de acumulação de patrimônio encontrada nos pequenos valores do dia-a-dia e dicas valiosas sobre metas são oferecidas de forma bastante direta. O objetivo, obviamente, é permitir que casais enxerguem os benefícios da independência financeira e lutem juntos para alcançá-la:
“O primeiro passo para a independência financeira é gastar menos do que se ganha, controlando o orçamento doméstico. A seguir, traçar um plano que defina quanto poupar por mês, e durante quanto tempo, para chegar à renda que vocês pretendem ter na aposentadoria. Se, além disso, conseguirem fazer sobrar mais do que precisavam para cumprir as metas do plano, no final do mês haverá dinheiro sobrando na conta”
Parte 3 – Um futuro a dois mais rico
Os capítulos finais do livro abordam os aspectos práticos do bom uso do dinheiro, depois que este foi cuidadosamente planejado e empregado nas atividades domésticas básicas. O autor enfatiza, com precisão, os problemas decorrentes do mau uso das alternativas de financiamento disponíveis no mercado, explicando quais são suas características e principais vantagens e desvantagens. Além disso, uma breve discussão sobre as opções disponíveis de investimento leva luz ao ainda grande tabu financeiro de um casal:
“Investir é o caminho da garantia ou da melhora no futuro daquilo que se construiu até hoje. É possível alcançar um padrão de vida bastante superior ao que temos hoje se usarmos quatro ingredientes fundamentais: tempo, dinheiro, decisões inteligentes e juros compostos”
Avaliação final
Me identifiquei bastante com a obra e seus princípios. A escrita leve e didática de Gustavo Cerbasi certamente facilita o entendimento de conceitos financeiros e de relacionamento, aspectos fundamentais para uma vida mais equilibrada e saudável. Gostei muito da abordagem encontrada no oitavo capítulo do livro, onde são discutidos os valores morais e emocionais das pessoas diante do dinheiro. Sonhar, quebrar a rotina e falar sobre dinheiro são ferramentas importantíssimas e o livro representa, brilhantemente, essa visão. Notas:
  • Linguagem e narrativa: 9,5
  • Exemplos práticos: 9,5
  • Temas abordados: 9
  • Preço: 8,5
  • Média: 9,1
Com poucas páginas, mas muito profundo, “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos” nos mostra a essência dos relacionamentos felizes e repletos de prosperidade financeira. Com muita propriedade, unindo teoria e prática, Gustavo nos ensina a elaborar um orçamento familiar equilibrado, sugere pequenas economias ao alcance de todos e também dá real importância às conquistas emocionais do casal. Recomendo!